Acessibilidade

Técnicos do Prosamim trocam experiências em Seminário promovido pelo IPAAM

Técnicos do Prosamim trocam experiências em Seminário promovido pelo IPAAM

 

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas realiza nessa sexta-feira 07, um Seminário para Discussão de Conceitos Ambientais, Licenciamentos, Estudos e Planos Ambientais das Atividades descritas na lei N°3.785/2012 no Âmbito do Governo do Estado, o evento iniciará no horário de 8h as 16h, no auditório da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), localizada na avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado.

O seminário é fruto de um Plano de Fortalecimento Institucional promovido pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), que é a secretaria responsável pela execução, acompanhamento e fiscalização das intervenções do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), com secretarias estaduais que estão diretas ou indiretamente envolvidas na execução das obras do programa.

O Plano de fortalecimento promovido pela UGPE, possui aporte financeiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e veio da necessidade de melhorar a infraestrutura das secretarias que estão incluídas no plano de fortalecimento. O BID investiu cerca 2.632.836,14 dois milhões, seiscentos e trinta e dois mil, oitocentos e trinta e seis reais e quatorze centavos, no plano de cooperação entre a UGPE e IPAAM.

O termo de cooperação técnica entre UGPE e IPAAM teve por finalidade a criação de um parque tecnológico, que visa o melhoramento de toda a infraestrutura tecnológica do instituto, visando a modernização do controle ambiental e celeridade na obtenção de licenças realizadas pelo IPAAM.

O seminário é voltado para técnicos da Seinfra e da UGPE, e empresas que atuam na execução de obras do governo do estado, e servirá para que os técnicos e fiscais envolvidos troquem experiências e exponham todas as diretrizes ambientais exigidas nas obras do Prosamim e do governo do estado.

O subcoordenador do setor ambiental da UGPE, o engenheiro florestal, Otacílio Cardoso afirma que nesse seminário, será apresentado a todos os convidados a plataforma de regras ambientais do BID e de que formas nós atuamos na fiscalização e auditorias das nossas obras. O engenheiro florestal afirma que o seminário será uma troca de experiência entre os técnicos e fiscais convidados.

“Os técnicos das empresas que detém contratos com a Seinfra e a UGPE, foram convidados afim de se alinhar os conceitos ambientais que são exigidos, como os licenciamentos de obras de terraplenagem, aterros, perfuração de poços e também do resgate da fauna das nossas obras, afirmou, Otacílio Cardoso.

O coordenador executivo da UGPE, o engenheiro civil Marcellus Campêlo, afirma que “o fortalecimento institucional visa a eficiência dos órgãos que compõe administração pública, como por exemplo no caso do Prosamim, cada obra que é executada pelo programa envolve o trabalho de vários órgãos, seja atuando no fornecimento de licenças ou fiscalizando, como no caso do IPAAM”.

O coordenador afirma também que essa troca de experiência será muito positiva para os participantes e para a execução das obras que irão seguir todos os padrões exigidos, e por fim o meio ambiente, que sofrerá menos impactos ambientais ocasionados pelas obras.